Google+ Followers

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Lei Divina ou Natural

Iniciar a aula perguntando quem sabe o que é Lei (regra, obrigação imposta e que deve ser cumprida) e para que serve (para ajudar a garantir os direitos e deveres de cada um, permitindo um convívio melhor). 

Explicar que existem as leis dos homens e as Leis de Deus. Quem sabe onde estão as leis dos homens? Elas ficam registradas em livros, são os códigos, os estatutos. 

E a Lei de Deus, onde está? Ouvir.

Colar em uma folha grande a figura de uma cabeça, com a palavra consciência impressa na altura da testa. Escrever com caneta pilot “Lei Divina ou Natural”. Explicar que a Lei de Deus está gravada em nossa consciência, todos nós já nascemos sabendo o que é certo e o que é errado, mas que só isso não é suficiente para sermos felizes. Para sermos realmente felizes precisamos gravar a Lei de Deus nosso coração. 






Colar a figura de um coração abaixo da cabeça. Perguntar o que é preciso para gravar a Lei de Deus em nosso coração. Ouvir o que vão responder e concluir que somente praticando a Lei de Deus é que vamos gravá-la em nosso coração. 
Colar as mãos direita e esquerda ao lado do coração, com a caneta pilot fazer setas saindo da cabeça para as mãos. Explicar que estamos iniciando o estudo das Leis de Deus e que nas próximas aulas vamos falar melhor sobre essas leis, chamada Leis Divina ou Lei Natural ou  Leis Morais . 





Elas são 10, citar cada uma e escrever nos dedos da mão.


Esse ano vamos trabalhar as Leis Morais vinculadas a um subtema.

Lei de Adoração - Fé
Lei do Trabalho - Colaboração
Lei da Reprodução - O Cuidar
Lei de Conservação - Respeito-Amor
Lei de Destruição - Caridade e Humildade
Lei de Sociedade - Tolerância
Lei de Igualdade - Respeito-Fraternidade
Lei do Progresso - Tema: Esforço
Lei de Liberdade - Responsabilidade
Lei de Justiça, Amor e Caridade - BIP: Benevolência para com todos, Indulgência para as imperfeições alheias, Perdão das ofensas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é muito importante para a avaliação do nosso trabalho!